Dicas de como escolher a hospedagem ideal para o seu site

Tempo de leitura: 5 minutos

Se você pretende ter uma presença online, precisa saber como escolher a hospedagem ideal para o seu site. Afinal, não há como ter uma página online sem que ela esteja com seus arquivos guardados em um servidor que, então, os enviará para o computador do usuário que quiser acessar aquela informação em específico.

Portanto, é essencial que você saiba como escolher a hospedagem ideal para o seu site de maneira que possa tirá-lo do papel. Esse é um processo comum para todas as páginas na Internet, incluindo os 20 mil novos sites que são criados diariamente no planeta inteiro.

No entanto, não é fácil saber como escolher a hospedagem ideal para o seu site. É necessário aprender quais são os fatores envolvidos nessa decisão e aprender como fazê-la da melhor maneira possível. E aí, quer aprender? Então siga a leitura do artigo abaixo!

4 dicas de como escolher a hospedagem ideal para o seu site

1. Pense no tamanho do seu projeto

O primeiro ponto a considerar quando escolhemos uma hospedagem para um site é pensar em qual será o tamanho e o escopo do projeto em questão. Afinal, esses pontos vão determinar o tipo de hospedagem que você precisa.

Por exemplo, pense que você montará uma loja virtual (o que é um bom negócio, já que a expectativa é que os e-commerces brasileiros faturarão R$100 bilhões em 2020). Nesse caso, você precisará de um servidor que seja mais robusto, pois a perspectiva é que você receberá muitos clientes. Além disso, o site não pode ficar fora do ar em nenhum momento. Mais importante do que isso, no entanto, é que a hospedagem precisará de certos certificados de segurança para poder funcionar, já que envolverá a troca de dados comerciais importantes dos seus clientes.

Já um site institucional, sem grandes pretensões, pode ter uma hospedagem um pouco menos robusta e não precisará de tantos certificados de segurança assim, pois não coletará dados dos clientes.

2. Considere quantos acessos terá

Como mencionamos superficialmente antes, é importante considerar a quantidade de acessos que o seu site terá. Assim, será possível determinar qual é o servidor mais adequado para o seu projeto.

A razão disso é que um servidor de hospedagem é como um computador. Portanto, ele tem um limite de tarefas que consegue executar ao mesmo tempo. Dessa forma, se muitas gente solicitar os arquivos do seu site ao mesmo tempo, ele não conseguirá dar conta disso.

Outro fator envolvido nessa questão é a quantidade de tráfego que o seu serviço de hospedagem oferece. Afinal, há um valor de banda que você contrata. Ela também não pode ser ultrapassada ou o seu site sairá do ar.

Na prática, é importante pensar no seu site como se fosse uma casa que você precisa alugar para receber amigos ou pessoas que irão ao seu evento. Você precisa entender dois pontos: se a casa é grande o suficiente para receber as pessoas ao mesmo tempo e se a rua é grande o suficiente para lidar com a quantidade de tráfego de carros que passarão por ali.

3. Veja se seus atuais fornecedores sugerem algo

Às vezes, certos fornecedores na área de desenvolvimento web podem indicar alguma outra empresa ou parceiro para fazer um serviço. No mínimo, podem recomendar algum serviço de hospedagem que seja bom ou ajudar você a entender a sua demanda.

Por exemplo, vamos supor que você tenha contratado especialistas em SEO, como a agência Planejador Web. Seu objetivo é se posicionar melhor no Google. O que a hospedagem tem a ver com isso? Muita coisa! Desde a qualidade do servidor até a quantidade de tráfego, passando pela velocidade da conexão, tudo isso ajuda seu site a se posicionar com destaque no Google.

Portanto, se você contratou especialistas em SEO para ajudar nessa tarefa, eles poderão recomendar a hospedagem X ou Y para você. No mínimo, poderão dizer que tipo de serviço exatamente você precisa e deixarão que você faça uma busca no mercado de acordo com o seu orçamento.

4. Avalie a empresa de hospedagem e seu histórico

Quando já souber exatamente o que você precisa e tiver algumas opções disponíveis para escolher, é hora de selecionar a empresa de hospedagem correta. Para isso, é importante analisar o serviço que essa empresa já prestou para outros usuários.

É essencial compreender que todas as empresas de hospedagem terão reclamações. Afinal, quando um site fica fora do ar, o seu dono tende a reagir mal. Por isso, é normal que todas as empresas tenham uma reclamação do tipo. No entanto, é importante entender quais problemas são de um momento só e quais são estruturais naquela empresa. Por exemplo, verifique a frequência das reclamações e veja também qual a qualidade do atendimento que a empresa oferece a você.

Com essas dicas de como escolher a hospedagem ideal para o seu site, ficará mais fácil poder tirar do papel o projeto de presença online que você tinha para a sua empresa. Assim, você poderá começar a vender, fazer marketing ou simplesmente ter um espaço na Internet para poder postar o que quiser.

Gostou do nosso artigo? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *